terça-feira, 13 de maio de 2014

[Arca Literária] Azul da Cor do Mar


Sinopse: ACASO, DESTINO ou LOUCURA? No caso de Rafaela, Pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível. Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A ideia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando de Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do Mundo. Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços -, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego. Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão.


O que você faria se conseguisse um estágio em um das maiores empresas na sua área? 

Bem, Rafaela aos 21 anos conseguiu, um estagio no Folha de Minas, de Belo Horizonte. Mas a vida dela de estagiária estava longe de ser uma maravilha. Bernardo, seu superior com ar de superior (ninguém merece a criatura!), é tudo aquilo que sonhamos em não encontrar em um chefe, arrogante ao extremo. 

Tirando essa figura nada gente fina, todos os outros colegas do trabalho são agradáveis. No estágio ela conhece Marcelo, que se apaixona por ela em primeiro momento. 

Mas o que a gente fica sem entender é porque ela não dá margem a esse relacionamento, porque ela não aceita Marcelo, vai tudo bem, ela tem um amor platônico, mas... 

... quem nunca. 

A, na minha opinião, obsessão de Rafaela pela paixão de infância beira a loucura, ela escrevia cartas, diário, durante anos para o tal garoto, que ela identificava como o menino da mochila xadrez. 

Quem fica anos apaixonada por uma ideia, por uma pessoa que não se sabe quem é, nome, de onde é, se está vivo??? 

Pessoas que se apaixonam por uma fantasia e se fecham para o amor posteriormente, novamente na minha opinião, não são felizes.... fazer o que? Cada um com suas loucuras! Hihihi 

Bem, tirando esse fato, o livro é muito fofo. Amo, enlouquecidamente, histórias que se passam em locais que já passei na vida, Belo Horizonte eu já morei. O simples fato de ser lá já me deixou feliz com a leitura. 

Rafaela tem uma família muito legal, irmãos que todo mundo tem vontade de ter e amigos também bem legais. 

Eu ainda não li o Simplesmente Ana, da mesma autora, mas pelo que pesquisei parece ser na mesma linha, então, com certeza vou gostar! 

Super recomendado para você que está apaixonado e quer ler algumas historias fofinhas!

12 comentários:

  1. Olá

    Não conhecia o livro e não costumo ler muito romances românticos, porém achei a premissa interessante sobre ela se mudar por conta de um estágio em uma das maiores empresas da área dela. Muito bacana quando lemos um livro onde já conhecemos o local, no seu caso BH (que eu ainda quero conhecer), escrevo alguns contos que se passam na minha cidade mas os livros que tenho ideia acabam se passando por outros estados ou outras cidades do Paraná porque minha cidade ainda não existia na época das minhas histórias haha

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  2. Olá tudo bem???
    Eu já li algumas resenhas sobre esse livro e fiquei um pouco em cima do muro... algumas positivas e outras negativas... porque nem dá para todo mundo ter uma opinião igual... eu ainda quero ler, quero saber o que se passa na mente da protagonista... eu já gostei muito de uma pessoa por uns 10 anos, mas eu o conhecia... tinhamos uma amizade...agora por um desconhecido é meio complicado né?? Xero!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani, bom eu já tinha lido uma resenha sobre livro, mas não consegui entender direito a historia, mas agora até que entendi e saquei que o livro é da Marina - que gafe a minha não prestar atenção nisso. - Bom achei interessante a premissa da historia, mas também achei um tanto confusa, como assim a bendita se apaixona por alguém que nem sabe quem é, nem o nome? Olha é esquisito, mas acho que dá para suspirar alguma parte por ser um romance.
    Não vou dizer a você que estou empolgada para ler - o que acho até bom, assim não me decepciono - , mas disse que me interessei, vamos ver se consigo ler este livro antes do final do ano - sim, a lista esta enorme aqui. shuahsuahsua.
    Adorei a resenha, e saber o seu ponto de vista.

    Beijokas Ana Zuky

    http://www.sanguecomamor.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Danii!
    Bom, eu AMEI o primeiro livro da escritora, 'Simplesmente Ana', e estou louca para ler esse também! Por isso não li a resenha inteira, gosto de guardar surpresas asuhsauh, mas pela passadinha que dei, notei que é algo bem romantico e fofo, e estou um pouco cansada desse assunto! Livro meloso atrás de livro meloso, agora quero sangue!!!! asuhasuhsau

    Beijoo
    Becca
    www.maispradizer.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Dani!!

    Eu amei esse livro! Sou de BH (apesar de agora morar em São Paulo) e acho uma delícia ler histórias que me levam de volta pra lá. Adoro a escrita da Marina, não tinha parado para pensar sobre o quanto é louco a personagem ter cultivado por tanto tempo esse amor platônico, mas é verdade... rs... Simplesmente Ana conta uma história totalmente diferente, mas a leitura é quase tão gostosa quanto a desse livro. Espero que você goste dele também!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Dani, tudo bem?
    O que a Di falou é verdade, eu já li algumas resenhas positivas e outras negativas tanto desse livro quanto do livro Simplesmente Ana. Mas sabe? Em nenhum momento fiquei em dúvida, eu tenho certeza que irei gostar dos dois. Quero me apaixonar também, como você!!!!!
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Dani, menina eu já ouvi falar bastante desse livro mas ainda não tive a oportunidade de ler, já me disseram varias vezes que a Marina é uma ótima escritora mas nunca li nada dela, espero começar com Azul da cor do mar em breve...

    Beijos

    ps: Adorei a premissa.

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha. Cada vez mais aparecem livros de autores brasileiros e com grande qualidade! Parabéns.
    Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com
    @GicaTeles

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Eu li o outro livro da autora e amei demais, amo a cidade de Bh também e com esses dois pontos o livro me ganhou hehe
    Até entendo um pouco nossa protagonista aqui...hehe
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  10. Oiee ;)
    Ainda não li nada SA autora e estou mega curiosa. Sobre esse livro fiquei meio que na dúvida, você recomenda mas já li resenhas negativas sobre ele. Agora é uma questão de honra lê-lo e sabe pra que lado a balança aqui vai pender. Beliscões

    ResponderExcluir
  11. Olá tudo bem ?
    Eu conheço pouco, sobre esse livro, mas já vi muita gente comentando sobre ele, sei também que é nacional e embora tenho uma capa muito bonita a história não me atrai muito.
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá Dani.
    Já vi muitas resenhas positivas e outras nem tanto acerca dos livros da Marina. Realmente este achei bem estranho. Como uma guria passa anos apaixonada por um cara que ela não sabe o nome? Hahaha.

    Beijo

    ResponderExcluir