domingo, 27 de abril de 2014

[Arca Literária] Botei o bebê de bruços




Sinopse: Este livro traz histórias reais, envolventes, engraçadas, repletas de ternura e vivacidade. Histórias que falam de bebês, de crianças, de mães, pais e avós. Histórias que falam de dúvidas, de sonhos, de escolhas, de alegrias e de cuidados. São histórias vividas e contadas por uma mulher apaixonada pela maternidade. Uma mãe que, através de seus três filhos, aprendeu que não existe apenas um caminho certo para construir um lar feliz e harmônico. Todos os caminhos são válidos. Basta que exista amor.

Quando eu recebi esse livro em mais um book tour já fiquei encantada. Fala sério, a capa é linda, dá vontade de morder esse bebê.

Ao longo da leitura eu comecei a ficar chateada, até brinquei com a Ceiça da Arca Literária que eu estava ficando depre.

Calma, vou explicar!

Eu sou mãe, como sabem, da Marina e Manuel. O livro me trouxe lindas lembranças. Chorei muito durante diversas e diversas páginas lembrando de minha própria experiencia.

Pensando depois como faria essa resenha resolvi contar minha experiencia mas depois pensei que fazendo assim reescreveria o livro *risos*

Bem, tirando a capa que é fofa, o livro é maravilhoso, curtinho (pouco mais de 100 páginas) é ótimo para você ler naquela fica de espera de banco, ou do médico. A leitura fui bem, palavras fáceis.

No livro, Mariana começa contando de como, ela e o marido, pensaram no nome dos filhos, os 3. No meu caso, os dois nomes foram escolhidos pelo meu marido, Marina era o nome que ele sempre pensou, desde pequeno, já Manuel era o nome do avô dele. Eu sempre quis Maria Antônia ou Anita ou Antônio mas a família sempre foi contra.

Ela conta também sobre o parto, as visitas ao pediatra, a bagunça, as mamadas....

Mariana coloca em cheque muitos mitos sobre a maternidade, responde algumas dúvidas, escancara muitas verdades.

É um excelente livro para aqueles pais de primeira viagem que acha que o mundo acaba no momento que o bebê nasce.

Ter filhos é a melhor coisa do mundo, dá trabalho, muito, para você ter uma ideia a 8 meses eu não durmo uma noite inteira. Sempre tenho em meu rosto o ar de cansada mas feliz, você não entende? Tenha um filho que você saberá!

11 comentários:

  1. Oiee, que capa fofaaa *-* Nunca li nenhum livro deste tipo, porém acho que deve ser super interessante, adorei os pontos que você citou durante a resenha rsrs, ter filhos com certeza não é fácil, porém deve ser uma delicia ter aquela coisa fofa nas mãos todos os dias rsrs, Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oiee! Ameiii a capa! Mas não é um livro que me interesse muito, primeiro, ainda não sou mãe -q e sei lá, nunca me chamaou a atenção de verdade. Mas gostei muito do seu jeito de escrever ^^

    Beijoo.
    Becca
    www.maispradizer.com

    ResponderExcluir
  3. Olha, Dani, eu não acho que vá ser mãe... adoro crianças, mas meu instinto maternal ainda é meio que inexistente... então não me interessei muito pelo livro, mas também fiquei com vontade de morder o bebê na capa! rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  4. Own, que lindo! Fiquei bem interessada no conteúdo do livro, apesar de não fazer parte do meus gêneros favoritos.
    A capa é linda e gostei da sua análise. Parabéns!!!

    Palácio de Livros

    ResponderExcluir
  5. Oie Dani, parabénse digo pelo seu aniversário, segundo meu celular que ficou mostrando a tua fotinha o dia todo rsrs

    Mnina, estou com a Ju, também não acredito que vou ser mãe, mas bem tenho um pouco de experiência com crianças, tenho apenas 14 sobrinhos e fui babá - profissão- durante um tempo e capaz de voltar a ser novamente. rs

    Se tiver o livro leria, mas daria de presente para alguma amiga.
    Beliscões carinhosos da Máh ;)

    ResponderExcluir
  6. Ai, post fofura. Cara, eu amo bebês, acho que daria um ótimo pai (o que está um pouco longe de acontecer). Achei muito fofo a capa! Gosto de livros com histórias reais, parece que deixa tudo mais humano. Adorei a resenha!!!

    Jonathan Freitas - http://momentoliterario1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Dani, tudo bem?
    Eu adorooooooo crianças, sou louca por elas. Você que é mãe vai entender: quando estamos na presença delas, todos os nossos problemas desaparecem e nosso dia se torna muito mais feliz. O mundo parece fazer mais sentido, não acha???
    Tudo que envolve esse tema me interessa, leria o livro sim.
    Beijinhos e votos de que um dia você volte a dormir, risos...
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá tudo bem ?
    A capa é muito bonitinha mesmo, mas o livro em si não me agrada muito, nem faz o meu tipo.
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Que linda a capa, deve ser um livro muito interessante, principalmente para quem tem filhos/netos. Não é um livro que eu compraria agora, mas quem sabe um dia. Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
  10. Olá Dani. Vou começar a fazer listinhas de livros para cada fase de minha vida futura. Não penso em ter filhos, mas como quem decide é o senhor lá de cima, temos que estar preparados! Achei a capa muito linda e é bom saber que ele é esclarecedor com relação a todas as etapas passadas no processo do nascimento.

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Que lindo Dani!
    Adorei! Ainda mais que despertou esses sentimentos em vc!
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir